Error: O arquivo não existe?
Please make sure the PHP GD library is properly installed.

Aperfeiçoamento em Fortalecimento das Ações de Imunização nos Territórios Municipais (MEC)

Código do curso: 06426

Nível: Aperfeiçoamento

Público-alvo: Profissionais da área da saúde.

Unidade: Campinas

Status:
Vagas Encerradas

Investimento:

Pré-matrícula:

Periodicidade:

Dia(s) da Semana:

Duração:
10 meses

Carga horária:

Início:
19/03/2021

Horário:

Coordenador: Prof. Dr. Marcelo Henrique Napimoga

Objetivo do curso

1. Capacitar até 94.500 (noventa e quatro mil e quinhentos) profissionais de saúde, prevendo-se o total de 180 (cento e oitenta) horas distribuídas em módulos, com duração total de 9 (nove) meses do curso regular, totalizando 10 (dez) meses considerando-se mais 1 (um) mês para desenvolvimento do projeto de intervenção; 2. Capacitar até 47.500 (quarenta e sete mil e quinhentos) alunos melhor avaliados dentre os participantes do curso de aperfeiçoamento com conteúdo que os habilite para atuação como facilitadores no desenvolvimento e implantação de projetos de intervenção nos serviços de saúde.

Minicurrículo do Coordenador

Web of Science ResearcherID: S-2434-2019

ORCID: 0000-0003-4472-365X;

Graduado em Odontologia pela Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP (2002);Mestre em Cariologia pela Universidade Estadual de Campinas (2004);Doutor em Microbiologia e Imunologia no Instituto Forsyth (Boston, EUA) e pela Universidade Estadual de Campinas (2005);

Pós doutor em Imunofarmacologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP (2006). Atualmente é Diretor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Faculdade São Leopoldo Mandic(2011 até o presente) e Coordenador dos Programas de Mestrado Profissional em dontologia (2011 até o presente) e Doutorado em Ciências Odontológicas (2011 até o 2019). Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunofarmacologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Imunomodulação das doenças inflamatórias, Biopatologia Oral e Geral;

Imunomodulação do periodonto e Mecanismos biológicos da 15d-PGJ2.

Programação

O curso, na modalidade aperfeiçoamento, denominado “Fortalecimento das ações de imunização dos territórios municipais” será ofertado pela diretoria de Pós-Graduação da São Leopoldo Mandic e oferecido por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem do CONASEMS. O curso tem como objetivo central formar profissionais envolvidos em ações de imunização, no sentido de aprimorar sua prática e melhorar o cuidado à saúde da população. O primeiro curso se voltará para aperfeiçoar os alunos nos diversos aspectos associados às imunizações oferecidas pelo Programa Nacional de Imunizações, discutindo os mecanismos de ação das vacinas, suas particularidades e indicações, os cuidados no armazenamento, os possíveis efeitos colaterais, além de conceitos epidemiológicos que permitirão melhor compreensão de efetividade e eficácia de tais imunobiológicos. O curso será dividido em módulos que serão estruturados em situações problemas. Os conceitos pedagógicos estruturante do curso serão: aprendizagem significativa, da aprendizagem de adultos, autorregulação da aprendizagem, aprendizagem colaborativa, comunidade de prática on-line e liderança na complexidade. A aprendizagem de adultos se fundamenta na participação e horizontalidade da relação educador-educando e no processo de reflexão e ação sobre a realidade. Tem como premissa que o educando é um ser em contínua evolução. Enfatiza, no processo de aprendizagem, o desenvolvimento da sua identidade pessoal e profissional e valoriza suas experiências anteriores. A partir dessa concepção o então professor, estigmatizado como detentor de todo o conhecimento, deixa de ser o centro do processo e passa a se tornar um facilitador, mediador ou como será denominado neste curso um tutor. Já o aluno, educando, assume o palco como protagonista de sua aprendizagem. O papel de agente indutor do aluno traz consigo a responsabilidade de sua aprendizagem o que visto superficialmente não é possível compreender a dimensão dos fatores que influenciam o resultado desse processo educacional. Com base na teoria social cognitiva, o conceito da autorregulação da aprendizagem vem para contribuir na compreensão de fatores como o processamento da informação, a motivação e os afetos interferem na qualidade da aprendizagem. Esta perspectiva defende que mais do que aprender os fatos em si os alunos devem se empoderar dos processos psicológicos pelos quais aprendem. Com isso, é considerado fundamental para manter o engajamento dos alunos do início ao fim do curso a inclusão de materiais e atividades que contribuam no processo formativo relacionados a: autoeficácia, vencer a procrastinação, gerenciar tempo, controlar a ansiedade, motivação intrínseca, estratégias de aprendizagem e prática autônoma das habilidades (Zimmerman, 1994). O conceito de aprendizagem colaborativa se aplica quando duas ou mais pessoas aprendem juntas, em um método de ensino centrado no estudante. Enfatiza o papel do aprendiz em um grupo, que deve, em colaboração, resolver um problema, construir um novo conhecimento ou desenvolver um projeto, com compartilhamento de responsabilidades e ideias. Este constructo vem mediando práticas de ensino aprendizagem on-line na área da saúde obtendo resultados impactantes na formação pessoal e profissional do indivíduo (Rangel, 2012). Dessa forma, entende-se que a interação colaborativa entre pares em busca de um propósito comum se torna uma oportunidade de aprendizado rica para o desenvolvimento das competências gerais como comunicador, colaborador e inovador. O conceito de comunidade de prática será aplicado para os grupos de alunos deste curso com o objetivo de engajar e motivar o grupo de forma permanente e continua favorecendo a retenção e permanência no curso até sua conclusão. Perfil de competências esperado ao final do curso Este curso assume como definição de competência a capacidade de mobilizar um conjunto de recursos integrados (conhecimento, habilidades e atitudes) para enfrentar situações diversas e complexas e desenvolver respostas a situações problema (Perrenoud, 1999). Ao final deste curso, espera-se que o participante desenvolva ou aprimore as seguintes competências gerais que serão trabalhadas de maneira longitudinal ao longo do curso: 1. Comunicador – com habilidade de se comunicar de forma verbal, não verbal e escrita, compreender as demandas do interlocutor sendo capaz de estabelecer o diálogo a partir de diferentes expressões culturais e regionais, desmistificando mitos, promovendo educação em saúde, negociando e mediando crises. Ser capaz de orientar questões de saúde relativas à imunização a diferentes populações, considerando contatos terapêuticos culturalmente sensíveis. 2. Colaborador – capaz de trabalhar em equipe para desenvolvimento de pesquisa, projetos e ações de imunização compatíveis com a realidade epidemiológica e comunitária do território de atuação. 3. Inovador – apto a compartilhar com sua equipe seus novos conhecimentos, aberto para desenvolver e implementar inovações, que integrem o serviço à comunidade. 4. Líder e gestor – consciente do seu papel social como agente transformador nos diferentes níveis de liderança, atua na integração da equipe e na promoção de ações que resultem na melhoria do cuidado oferecido à população. 5. Profissional – apto ao cuidado à saúde com ética e compromisso com o humano e com rigor técnico e científico. 6. Cuidador – capacitado para atuar em ações de imunização, compreendendo o processo de fabricação, armazenamento, aplicação, indicações, contra indicações e efeitos colaterais de vacinas e outros imunobiológicos. O Curso terá 180 horas, distribuídas em 09 meses contínuos. Espera-se que o participante utilize uma carga horária de 108 horas para suas atividades educativas de estudo individual, além de participação nos fóruns e presença em interações síncronas, 12 horas para elaboração do Diagnóstico Situacional e 60 horas para desenvolver seu Projeto de Estágio.

Corpo Docente

Prof. Dr. André Ricardo Ribas de Freitas

Prof. Dr. André Ricardo Ribas de Freitas

Graduado em Medicina, Médico Epidemiologista, Mestre em Clínica Médica e Doutor em Epidemiologia pela FCM/Unicamp. Coordenou unidade básica de saúde por cinco anos e na Diretoria de Vigilância em Saúde de Campinas durante quinze anos. Atualmente é coordenador do curso de Mestrado Profissional em Saúde Coletiva e professor de Epidemiologia, Bioestatística e Metodologia Científica na Faculdade São Leopoldo Mandic de Campinas e médico assistente no Hospital Municipal Mário Gatti.

Prof. Dr. Thiago Lavras Trapé

Graduado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Sanitarista; Docente na área de Sistemas de Saúde, Pesquisa e Inovação e coordenador do Mandic Health Innovation Hub da Faculdade Sao Leopoldo Mandic; Doutorado e Pós-Doutorado em Planejamento e Gestão em Saúde pelo DSC/FCM/Unicamp. Coordenador de projetos de impacto social pelo IPADS- Instituto de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Social.

Prof.ª Dr.ª Regina Célia de Menezes Succi

Graduada em Medicina pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP(1971);

Residência médica em Pediatria pela Escola Paulista de Medicina-Universidade Federal de São Paulo(1974);

Mestrado em Microbiologia e Imunologia pela Escola Paulista de Medicina-Universidade Federal de São Paulo(1978);

Doutorado em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo(1990);

Livre Docência em Pediatria pela Escola Paulista de Medicina-Universidade Federal de São Paulo(2006).

Foi presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) por três períodos.

Prof. Me. Gabriela Victorelli Scanavini

Graduada em Odontologia; Mestre em Implantodontia pela Faculdade São Leopoldo Mandic; Doutoranda no Programa de Clínica Médica, área de concentração Ensino em Saúde, na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Campinas, FCM-UNICAMP. Atualmente atua como coordenadora da célula de inovação e do comercial da pós-graduação na Faculdade SLMANDIC. Possui experiências em Metodologias de Ensino Aprendizagem, Inovação, Desenvolvimento Docente, Design Instrucional, Produção de Conteúdo Técnico Científico, Gestão científica e Relacionamento Corporativo.

Prof. Fabiana Moreira Passos Succi

Graduada em Medicina pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, 1994; Especialista em Cirurgia Geral (Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, 1996); Especialista em Cirurgia Cardíaca (Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, 1999); Especialista em Cirurgia Cardíaca Pediátrica (Universidade de São Paulo - INCOR-USP, 2003). Atualmente é Diretoria do Curso de Graduação de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic.

Prof. Me. José Paulo de Siqueira Guida

Graduado em Medicina; Mestre em Tocoginecologia pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Professor Faculdade São Leopoldo Mandic(Campinas), onde atua nas disciplinas de Atenção Primária à Saúde V e VI e Internato Médico em Obstetrícia (Pré-Natal de Alto Risco). Médico Assistente no Hospital Estadual Sumaré. Atualmente trabalhando em linha de pesquisa de avaliação de biomarcadores para diagnóstico e prognóstico de pré-eclâmpsia e de medidas preventivas para a pré-eclâmpsia. Atua ainda em estudo colaborativo de diagnóstico e seguimento de gestantes com infecção por COVID (REBRACO).

Prof. Dr. Patricia Zen Tempski

Graduada em Medicina pela Faculdade Evangélica do Paraná (1993); Desenvolveu residência em Pediatria pelo Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (1995); Mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Paraná (2001), especialista em Didática no Ensino Superior em Saúde (2000), doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo (2008) e Livre-docente em Educação na Saúde pela Universidade de São Paulo (2018). Atualmente atua como Coordenadora de Ensino e Pesquisa do Centro de Desenvolvimento de Educação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Secretária Executiva do Sistema de Acreditação de Escolas Médicas Brasileiras ABEM-CFM.

Prof. Dr. Patrícia Maria Fernandes

Graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Universidade Estadual de Campinas,FOP-UNICAMP(2014); Mestrado em Estomatopatologia com área de concentração em Estomatologia pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba-Universidade Estadual de Campinas,FOP-UNICAMP(2017) e doutorado em Estomatopatologia com área de concentração em Estomatologia pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba-Universidade Estadual de Campinas,FOP-UNICAMP(2020). Tem experiência em diagnóstico oral, atendimento de pacientes oncológicos, principalmente no manejo das toxicidades orais da terapia antineoplásica na região de cabeça e pescoço e em pesquisa clínica com foco em ensaios clínicos randomizados.

Prof. Fabiana Medeiros

Atrativos

Estrangeiros

Formas de Pagamento

Este curso é uma parceria entre a Faculdade São Leopoldo Mandic (SLMANDIC) e Conselho Nacional das Secretárias Municipais de Saúde (CONASEMS).

Seleção e matrícula

O curso oferece 94.500 vagas, destinadas aos profissionais da saúde que atuam em ações de imunização vinculadas ao Sistema Único de Saúde, em todo o território nacional. A distribuição das vagas atende a demandas regionais definidas pelo Ministério da Saúde e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.     

Política de desconto

Contato

E-mail: [email protected]  

Localização

R. Dr. José Rocha Junqueira, 13 - Pte. Preta, Campinas - SP, 13045-755
X